Nem da direita, muito menos de esquerda.

10:00

Uma das coisas que mais acontece comigo na internet é ser jogada de um lado para o outro quando o assunto é "política". Eu até acho engraçado os conservadores me chamarem de esquerdistas e as feministas me chamarem de reaça mas no fundo só fico refletindo sobre essa necessidade de rótulos.

Eu tenho uma certa birra tumblriana com rótulos pois não gosto de me definir, já diria o orkut: "definir é se limitar". E eu não quero chegar aqui e dizer que sou feminista e não poder concordar com um texto do Olavo de Carvalho sem me chamarem de hipócrita ou coisa pior. Na verdade, eu não me considero parte de nenhum rotulo pois nunca vou concordar com tudo o que tal ideologia ou pessoa diz, nem se você for o Nietzsche.

Eu não gosto de analises simplistas, meu lado de humanas-amante-de-sociologia não aceitaria interpretar algo ao pé da letra ou com meia dúzia de palavras de explicação. Eu não tenho opinião formada sobre pena de morte, eutanásia ou até mesmo sobre o Bolsonaro. Eu, Bruna Bezerra, não acho nem um pouco justo julgar algo tão complexo baseado em meus achismos e você também não deveria.

Falando de Bolsonaro, ele é um político, assim como a Dilma, logo você não deve julga-lo como uma simples pessoa. Bolsonaro não é seu amigo, nem o Lula, nem a Dilma. Você pode recriminar suas atitudes assim como apoia-las mas deve sempre analisar cada uma de forma separada, sem levar para o seu lado emocional. Eu sou contra muitas frases homofóbicas que o Bolsonaro disse mas não seria contra alguns projeto de leis dele (que você pode ler alguns interessantes no Ovelhas Voadoras). Da mesma forma que não tenho opinião muito concreta sobre o mandato da Dilma mas sou a favor do impeachment mesmo assim. Pela mesma analogia que gostaria que um rico fosse preso  se cometesse um crime e que um aluno que não estudou tirasse a nota zero na prova, eu quero que políticos paguem pelo o que fizeram.

Eu sou a favor e contra a ideias e projetos, não sou (e provavelmente nunca serei) seguidora fiel de uma crença, partido ou ideologia. Posso ser a favor de cotas econômicas e contra cotas raciais. Posso ser a favor da causa LGBT e contra a parada gay (exemplos apenas). Eu não preciso me definir militante de algo e apoiar tudo, e qualquer coisa, que os outros militantes disserem. E adivinha só: você também pode ser assim.

A razão existe pra um propósito e você não precisa abrir mão dela só para fazer parte de um grupo imaginário que no fim só quer te moldar. Um grupo a qual te exclui do facebook caso você discorde dele ou que te escrotiza porque seu tweet não o agradou completamente (todos casos reais, cada um de um "lado" da moeda).

Não somos e nunca seremos 8 ou 80, sim ou não, esquerda ou direita. Somos pessoas com muitas capacidades e conhecimentos que não devem ser jogados fora só para agradar ou deixar de agradar alguém.

Sua vida não se resume a curtidas.
Seu vazio existencial não será preenchido porque tal pessoa concordou com você.
E bônus: a maioria das vezes você só ganha irritação nas discussões do facebook.

Eu prefiro ficar sendo essa eterna bolinha de ping pong do que me curvar a pessoas simplistas e vender minha opinião. Eu não sou esquerda, eu não sou direita. Eu sou apenas uma estudante de engenharia com alguns livros de filosofia na estante. Eu sou apenas alguém que apela para a minha sensatez ao avaliar determinada atitude ou acontecimento. Se tal conclusão tende a esquerda ou a direita, são meros detalhes, isso não vai ser uma formula para eu chegar na minha próximo conclusão.

Caso você queira saber de mais opiniões minhas ou reclamações, é só me seguir no twitter: @euodeiococacola  (não, o user não tem nada a ver com comunismo).

Textos relacionados

5 comentários

  1. oi, oi.

    diferente de ti, eu gosto de ter uma opinião formada sobre qualquer coisa. posso estar errado, mas, dizem por aí que é errando que se aprende, né? acho que super vale à pena a gente debater. com respeito, educação e conversa, dá pra ter um diálogo bacana sobre vários assuntos, principalmente os que envolvem a política.

    eu sou contra o impeachment porque não vejo base legal pra ele acontecer. o governo tá ruim? ok. mas não é tirando o governo que tudo estará resolvido... o debate é o longo...

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A base legal é o crime de responsabilidade (um dos motivos que pode levar um presidente sofrer impeachment), na internet você acha todos os crimes de responsabilidade que ela cometeu e explicando porquê cometeu.
      Debater saudavelmente é legal, o problema é achar alguém na internet que esteja afim de debater para crescer e não pra ficar "lacrando".

      Excluir
  2. "Estou digitando com os pés, porque com as mãos estou aplaudindo"! Olha, o que eu acho é: não é tão ruim ter opiniões formadas, contanto que você não se torne um dogmático. Pelo contrário, ser ceticista aumenta em 100% o senso crítico das pessoas. Portanto, não adianta se esquivar de tudo e nem ter uma única opinião para tudo. Afinal, bons debates possuem justamente essa finalidade: aumentar os horizontes. Amei mesmo seu texto, principalmente a parte em que você afirma: "A razão existe pra um propósito e você não precisa abrir mão dela só para fazer parte de um grupo imaginário que no fim só quer te moldar.".
    Mil abraços, Lysia Ribeiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opinião todos devem ter, o problema é quando alguém acha que a sua opinião é a verdade absoluta sendo que nunca nem estudou algo relacionado ao tema. Muitas pessoas são contra/a favor da redução da maioridade penal mas nunca pegaram um texto sério pra ler, uma pesquisa, uma informação que não seja do facebook. Eu tenho um breve opinião sobre tudo que citei mas nunca colocaria elas como a única verdade, ainda teria que estudar muito para ter uma concepção sobre tais coisas.
      Muitas vezes as pessoas escolhem alguém, por exemplo Olavo, e tudo que essa pessoa/pagina falar ele vai aceitar como verdade e não vai refletir sobre. Esse é o problema das pessoas "da internet".

      Excluir
  3. Amei seu blog, muito sucesso belíssima
    Blog:http://belissimaconsultoradebeleza.blogspot.com.br

    ResponderExcluir