Em blogagem coletiva comportamento Dicas

Metas para ano novo que ninguém pede mas deveria

Credito: bluebiesartblog

O blog está meio desatualizado né? Estou divulgando as postagens antigas e vai ter programação normal a partir de segunda viu? Esse texto faz parte da blogagem coletiva do grupo do facebook.

Eu tenho mania de fazer varias metas no ano novo mesmo sabendo que ano novo não traz nada de diferente além da data. Ando vendo vários vídeos de metas, gente focada em números e coisas materiais então eu decidi fazer uma listinha de coisas que geralmente as pessoas não fazem como meta no ano novo mas deveriam

Se amar mais

Quantas não fizeram promessa de perder tanto quilos mas esqueceram que junto tem que perder insegurança? Medo? Vergonha? Por experiência própria amiga, perder 5 quilos não melhora sua vida se a sua mente não mudar junto.

Querer ser mais calma

Vivemos numa geração extremamente acelerada. Dá de contar nos dedos quem eu conheço que consegue fazer uma coisa por vez. Eu por exemplo não consigo prestar atenção na aula se não estiver no celular, ou escrevendo MUITO. Se eu ficar parada em tal coisa, não termino e começo a ir pro mundo da lua, de Júpiter, netuno.... Isso é de menos, quantas vezes em 2015 não ficamos ansiosos, irritados do nada e por nada? Essa é uma das minhas principais metas pra vida (porque duvido conseguir chegar a um patamar bom em um único ano). Chega de ficar brava porque namorado falou asneira, ficar ansiosa pro seminário do dia seguinte... Calma por favor, venha até nós.

Trabalhar duro

Todo mundo quer conseguir as coisas né? Views no youtube, ganhar mais, tirar notas boas mas quantos colocaram metas de quantas horas estudar por dia? Ler livros da faculdade e não só aqueles romances? Aprender a usar photoshop/editor de video? Lavar a louça todos os dias, dar o seu melhor e esquecer da preguiça? Então, essas coisas são importante. Metas não caem do céu e justo por isso, a mudança de ano não traz resultados por si só.

Não dar prioridades para as coisas erradas

Essa eu sempre reclamo e sempre acabo me pegando nela. Quantas vezes você se pegou discutindo no facebook por horas? Ou chorando em vez de fazer seu trabalho da faculdade? Dar atenção (demais) para as coisas erradas podem atrapalhar seu crescimento em coisas que você deseja. Aquilo que não te agrega em nada deve ocupar a menor porcentagem do seu tempo. Procrastinação anda junto com falta de prioridades. 

Decidi listar apenas 4, as que eu considero mais importante, mas você pode me contar ai nos comentarios que coisas não desejamos para o ano novo mas deveriamos?

Você conhece o bloglovin? É uma plataforma para acompanhar as atualizações de todos os seus blogs favoritos, clicando no gadget abaixo você pode seguir o Através da Linha lá e todos os blogs que desejar.

Follow

Blogs participantes:

Textos relacionados

12 comentários:

  1. Achei muito interessante este post Bruna, concordo muito com esta parte das metas que ninguém fala... Esse ano de 2015 eu consegui realizar muitas coisas, acho que foi o melhor ano da minha vida, e 2016 espero continuar neste ritmo para melhor... Aprender a editar vídeos - ok ! É ótimo criar este tipo de meta de melhorar as habilidades...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tambem quero fazer esse ano ser bem melhor <333

      Excluir
  2. Muitooo bom esse post! <3 Concordo em gênero, número e grau com tudo que você disse. Confesso que não coloquei a maioria dessas coisas como metas, mas deveria ter colocado. Principalmente a questão de fazer uma coisa de cada vez. O ano novo me trouxe milhares de ideias e a ansiedade me faz querer fazer tudo de uma vez só, mas eu preciso compreender que as coisas não são bem assim. Amei o post mesmo!
    http://www.lysiaribeiro.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixa eu adivinhar, tambem vai dormir pensando em um monte de coisa pro blog? Hahahahahahaha eita ansiedade, to assim tambem mas quero saber separar e não ficar pensando em outra coisa enquanto to fazendo outra.

      Excluir
  3. Adorei esse post Bruna. Me fez pensar de outra forma sobre algumas metas que fiz :D Super beijos

    ResponderExcluir
  4. O primeiro ponto é, sem dúvidas, uma coisa que mudou minha vida em 2013 e que mantenho comigo desde então. Sempre me punha pra baixo com amizades que não me valiam em nada e sozinho mesmo. Quando criança, chegava em casa chorando dizendo que era burro, que ninguém gostava de mim, que era feio.... Em 2013, depois de tantas coisas difíceis que eu punha sobre mim, decidi me amar. E tudo de bom aconteceu, namoro sério que durou 10 meses (antes não passava dos 30-35 dias), dedicação nos estudos e tudo o mais.

    Belo post Bruna! Você tem o dom de escrever bem... já pensou em ser Jornalista? Coluna da Bruna Bezerra - seria o maior sucesso!!

    Feliz 2016!
    Abraços,
    Gabriel Coelho
    http://vintevidas.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não sou politicamente correta pra vincular minha imagem a um jornal OIEHWIRHERH

      Excluir
  5. Todas essas metas são super importantes, mas no dia a dia as pessoas acabam se esquecendo ou nem fazem questão, né?
    Sobre o primeiro ponto, acho que tá faltando muito hoje em dia, as pessoas deviam começar a cultivar mais o amor próprio. Tem uma frase que acho genial: "antes de ser plural, seja singular".
    Uma coisa que tenho que trabalhar para melhorar é ser mais calma, sou muito estressada, qualquer coisinha eu já explodo e acaba com meu dia hahah
    Na sua lista também podia ter olhar o próximo, tá faltando compaixão no mundo, me dá muita raiva ver alguém menosprezando pessoas mais humildes e frágeis :/
    Adorei o post!
    Bjs,

    oh, wow, lovely ❁

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou <3 também sou extremamente estressada, qualquer coisa to irritada, ai ai

      Excluir
  6. Eu adorei! Tudo o que você falou está certo. A gente se apega muito em números e esquece o que realmente importa. Também tenho essa meta de ficar mais calma, mas essa é uma meta pra vida, porque, como você falou, não é apenas 1 ano que resolve as coisas. Um beijo!
    Thaís na Cidade

    ResponderExcluir