Hora de desistir do (ex) relacionamento

16:01

Reprodução: Tumblr

"Eu vou deixar você voar, bater as suas asas pra longe de mim mas só pra ver você voltar e toda arrependida me dizer: 'amor, te quero sim'" perdi as contas de quantas vezes cantei essa musica, tuitei e pensei que ainda existia razões pra tentar. Burrice minha, não existia razões mas meu cérebro imaginava todas possíveis, porque lá no fundo eu queria que desse certo. – Bem, isso é passado e eu superei, o problema é a quantidade de pessoas que eu conheço que estão nessa fase. Já tem um tempo que queria escrever sobre mas nunca tive coragem. Talvez tenha chegado a hora de outra reflexão.
Eu sei que você está ai chorando pelo teu ex ou no teu atual que já deveria ter virado ex. Brigando com sigo mesma, falando que tem amor, que se tentar mais uns dias vai dar certo. Mas amiga, se fosse pra dar certo, já teria dado. Você está apenas prolongando sofrimento, não resolvendo as coisas. Ficar inventando motivos não vai mudar nada. E o pior: você está bagunçando sua vida por alguém que não merece.
Talvez ele tenha te amado, talvez ele te ame, talvez ele volte mesmo mas acorda, a vida não é tão fácil assim. De que adianta voltar se vai ser a mesma merda de novo? Seja lá qual for o motivo que fez com o que o relacionamento acabasse, foi um motivo forte o suficiente. E se não foi forte, ele apenas te deixou por besteira, por fofoca, por uma briga boba, desculpa te informar mas nunca foi amor. Amor é a vontade de estar perto mesmo quando tudo diz pra não estar. Se o desejo de resolver os problemas não for reciproco, não é um relacionamento de verdade, não será duradouro.
Amiga, pare de ouvir sertanejo, pare de beber até cair pra enganar essa dor, pare de achar que tudo lembra ele. Nada lembra ele, quem lembra ele é apenas você e seu desejo por ele. Você está ai deixando de estudar, chorando por mais um briga, estragando seu fígado por causa de um babaca. 
Talvez você tenha que deixar ele voltar mas só pra você quebrar a cara e ter a certeza que ele não serve. Eu só consegui me desprender quando, em um estalo, percebi que aquilo não era o "amor" que eu queria. Quando EU decidi que não inventaria mais razões pra tentar. Eu cheguei ao nível de pensar que era aquela merda que eu merecia, que não deveria ser amada. Eu me escrotizei, me culpei por um problema que não era comigo. Mas é bom lembrar que cada caso é um caso, as vezes só não deu certo porque não era pra dar, nenhum dos dois têm culpa. 
Mas até quando você vai se martirizar por alguém do passado? Até quando você vai deixar um indivíduo te machucar? Até quando você vai arranjar desculpas pra tentar exaustivamente? E olha que nem estamos falando de relacionamento abusivo, porque isso é assunto pra outro texto, só de um relacionamento que você tem que aceitar e deixar ir embora.

E ah, já fica uma dica, essa musica que fala que vai ficar separando, voltando, terminando, namorando não é certo, nem saudável. Também cantava ela como consolo pra tentar de novo. Não menina, NÃO. NÃO E NÃO.

Textos relacionados

3 comentários

  1. Queria tanto mostrar esse texto pra minha eu de 2012/2013, ia ter evitado um caminhão de problemas </3

    ResponderExcluir
  2. Bruna, leio coisas assim quase todo dia... inclusive escrevo coisas assim. Bom.. em algum momento essas coisas vão ter que entrar na minha cabeça, né?. Na verdade é só covardia minha mesmo, acho que não tenho coragem de viver de outra forma que não seja lembrando, chorando às vezes, indo e voltando... Medo de me arrepender de ter parado de tentar, entende?

    Beeeeijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se pergunte o que você tem a perder se tentar ter coragem. Algo que você nunca mais vai ter ou nunca teve? Não tenha medo de melhorar a sua vida menina, mesmo que isso te faça ter deixar algumas coisas pra traz.

      Excluir