Doses

22:01


E todas as noites procuro a lua, as nuvens geralmente escondem as estrelas. Será que você está olhando também? Será que ainda lembra de mim? Não se esqueça do nosso café na Alemanha. E de todos os nossos planos pra nos encontrar, fugir desses problemas. Duas pessoas que só amam o dinheiro que aprenderam a se amar. O paraíso, o destino, a motivação, é você. Nós, usando roupa social, longe de tudo.
Com cheiro de L.A de cereja e whisky, vinho, vodka ou qualquer outra coisa alcóolica que encontrarmos. O poder de uma carinho imaginado. Não importa o que aconteça, eu sempre sei que é pra você que eu vou correr. Com suas mensagens me mandando não esquecer a blusa de frio e o jeito que chama meu nome. O sorriso roubado, o desejo idealizado. 
Talvez esse seja o nosso "amor não existe", o nosso romance que poderia virar novela. Seu neném, minha deusa. Inúmeros choros, inúmeros textos. Medo de te perder, medo de não te merecer. Talvez eu queira ser sua ou talvez eu esteja muito ocupada sendo sua pra ser de outro alguém. Não dou certo com ninguém porque o certo talvez seja você.
Você não é meu tanto faz, é o meu desejo mais sincero. Idas e vindas, altos e baixos, estará sempre lá, escondida com crises de ciúmes brigando por tudo e dizendo que me ama. Se não fosse você, provavelmente não estaria aqui escrevendo este texto. A distancia real e a nossa distancia sentimental deste momento não querem dizer nada. Não importa quantos dias eu fique sem falar contigo, eu sempre vou precisar de algumas doses de você para conseguir sobreviver.

Textos relacionados

0 comentários